Indicadores MTBF e MTTR

Esquema descritivo sobre funcionamento do módulo de produção do Sistema MES Directa

MTBF e MTTR

O que são e como aplicá-los para melhorar o processo produtivo

MTBF (Mean Time Between Failures – tempo médio entre falhas) e MTTR (Mean Time To Repair – tempo médio para reparo) são os indicadores de manutenção mais utilizados na indústria. Importantes ferramentas para análise de eficiência e produtividade, eles têm papel fundamental no embasamento das ações gerenciais.

Durante o processo produtivo, as máquinas podem estar inoperantes por diversos fatores, afetando, assim, o seu índice de disponibilidade e, consequentemente, o seu OEE.

O MTBF, de forma simplificada, é o cálculo do tempo transcorrido entre as falhas/paradas, onde quanto maior é este tempo, maior é a confiabilidade do equipamento pois as falhas/paradas são menos frequentes. Utilizando estes dados é possível, por exemplo, prever quando ocorrerá uma próxima falha e adotar medidas preventivas. O indicador também pode ser utilizado para estabelecer metas de produção, gerir processos e qualidade, analisar produtividade e desempenho da equipe de manutenção, entre outros.

MTBFs muito baixos podem ser um claro indício da necessidade urgente de melhorar os processos internos e/ou de substituição das máquinas.

O MTBF é calculado pela fórmula (TD-TM)/P, em que:

  • TD – Tempo total de disponibilidade: é o tempo disponível para a máquina produzir;
  • TM – Tempo total de manutenção: é o tempo que a máquina ficou parada para manutenção;
  • P – Paradas: é a quantidade de paradas da máquina.

Exemplificando: Uma máquina tem disponibilidade de 24 horas e, durante este período, ocorreram 4 paradas de 1 hora cada.

O MTBF é (24–4)/4 = 5. Ou seja, a máquina sofre uma falha/parada a cada 5 horas.

Já o MTTR, por sua vez, determina o tempo médio para reparar uma falha/parada da máquina, indicando, de forma direta, o tempo de resposta da equipe de manutenção. Quanto menor é o MTTR, maior é a eficiência nas ações corretivas.

Este indicador é imprescindível para analisar o desempenho da equipe de manutenção, sobretudo em situações que exigem intervenção corretiva. Além disso, também pode compor relatórios de falha/parada, auxiliando na identificação das mais frequentes e das que demandam mais tempo para reparo, entre outras informações relevantes para que os gestores planejem a alocação de recursos, evitando o desperdício de tempo e dinheiro.

O MTTR é obtido através da fórmula TM/P, sendo:

  • TM – Tempo total de manutenção: é o tempo que a máquina ficou parada para manutenção;
  • P – Paradas: é a quantidade de paradas da máquina.

Aplicando no mesmo exemplo utilizado anteriormente: Durante o período, ocorreram 4 paradas, de 1 hora cada.

O MTTR é 4/4 = 1. Ou seja, o tempo médio para a manutenção da máquina é de 1 hora.

Ao traçar uma relação lógica entre os dois indicadores, constatamos que a cada 5 horas em produção, a máquina fica 1 hora parada em manutenção. A partir desta informação o gestor pode criar um planejamento mais eficaz, com uma rotina de ações preventivas que impacta na redução de paradas de máquinas e, ao mesmo passo, aumenta a produtividade. No contexto atual, onde cada segundo ou centavo faz muita diferença em um cenário de extrema competitividade, uma metodologia de gestão eficaz necessita priorizar a obtenção e tratamento de indicadores importantes como o MTBF e o MTTR.

A Directa Automação, uma das precursoras no fornecimento de soluções tecnológicas para a gestão de processos produtivos, desenvolveu um sistema completo, robusto e eficaz para o controle de produção. Através do qual é possível ter acesso, em tempo real e em qualquer lugar, à todas as informações do processo produtivo. Dashboards dinâmicos e relatórios geram todos os indicadores, complementando com gráficos para melhor representar cada cenário e prover as ferramentas necessárias para uma gestão de excelência, alinhada às mais exigentes diretrizes do mercado atual.

Os indicadores MTBF e MTTR são gerados e processados de forma autônoma pelo sistema, garantindo maior segurança, transparência e confiabilidade das informações apresentadas. Disponíveis em relatórios individuais ou compostos, que podem ser facilmente visualizados, exportados ou ainda enviados diretamente aos gestores, de forma automática, oferecendo todos os recursos para elevar seu controle ao mais alto nível.

Quer conhecer as mais recentes tecnologias e como podemos aplicá-las para melhorar o seu processo fabril? Contate-nos!

(48) 3298-8800

 comercial@directaautomacao.com.br

 www.directaautomacao.com.br

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Contato
Entre em contato